Escrava doméstica X Sogra boa mãe

 
Hoje lembrei de uma coisa  que minha avó dizia sempre: Se você não quiser ser "escrava do lar", quando estiver namorando observe o comportamento da mãe do seu namorado com ele.
Achei engraçado na época e muito curioso, porém, notei  que é a mais pura verdade. E sei que todas aqui também irão concordar...
É claro que fiz algumas observações, como dizia vovó, para eu fazer. E o resultado?
Surpreendente!
Tive um namorado (Mamãe não quero crescer), que a mãe dele fazia tuuuuuuuuuuuudo: Colocava comida no prato, lavava a roupa, fazia marmitinha para o bebê ir trabalhar, todo dia perguntava: Já comeu? tomou café? Está esquecendo alguma coisa? 
E nos meses que passamos juntos, conheci muito bem seu quarto, a voz da mãe dele que servia como despertador ou lembrete. Háaaaaaaa... sair juntos? 
Somente quando eu planejava alguma coisa porque ele  nunca sabia onde ir. E antes que ele perguntasse para a mãe dele ou algum amigo preferia ser a cabeça do relacionamento. 
Bom... não preciso nem dizer quem lavava a louça em casa, arruma a cama, quando ele estava na minha casa. 
Geeeeeeeeeeeeeente eu me lasquei, mais aprendi a lição!
Ou melhor, estou aprendendo! rsrsrrsrs...
Share on Google Plus

About Vida de mulheres

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário